Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Fico Até Tarde Neste Mundo #10

por fernandodinis, em 05.05.15

Anacoreta. Desligado. Escrever é um processo incisivo, e não querendo cair no que do mundo existe de medonho, sórdido, improvável e sem explicação, os meus diários resumem-se muitas vezes a um silêncio forçado. Protejo-me ao não escrever, porque se há dias em que a escrita me salva, noutros servir-me-ia apenas de confronto; espelho de reflexos deformados. O escritor assume finalmente um lugar díspar; passou do ‘que tem ele a dizer ao mundo’ para ‘o que o mundo lhe tem a dizer’, e não se sente confortável, quando a realidade teima em ultrapassar a ficção. Estas frases são já metadiários, se tal coisa possa existir. Já filtrei o que me magoa, inquieta e espanta, e escrever estas linhas é apenas decifrar um processo do que há a ficar no esquecimento. Há duas estradas. Sabemos que na estrada da esquerda existem problemas. Não dizemos quais e escolhemos a direita. Dia após dia. Aceita-se quem escolha ou perdure na ignorância. A opção pelo fait-divers torna-se não uma terceira estrada a seguir (é demasiado tarde para isso), mas já a olhamos com menor frieza. Não são as crianças sempre felizes e alheias aos obstáculos? O que dizer? O mundo é uma bomba-relógio e há quem consiga dançar ingenuamente à roda dessa bomba. Não com coragem, mas iludidos de futilidade. Metade a sofrer, outra metade a inventar para entreter. Não pode existir ressabiamento numa afirmação destas, quando a lógica, o factual, ultrapassa o dramatismo. Não se trata de classes; essas sempre existiram com as incoerências típicas. É ir mais fundo. À primeva condição humana. E sempre a pesar palavras. Há que fazê-lo, até que chegue o dia em que seja impossível manter silêncio, pactuar, fingir que não se vê.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:52



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D